fabiobenetti, 2019.  

  • Instagram - Black Circle

fendas

Nos últimos dois anos, Fábio integra em um corpo único a multidimensionalidade destas vivências e inicia a série ‘Fendas’, acoplando resina, calcário, gesso, borracha, pigmentos e tantas outras potências à suas telas. Neste mesmo período constrói um domo geodésico para abrigar seu ateliê, como aprendizado matemático e estrutural, e como ‘corpo-contínuo’ para suas investigações espaciais. A paixão e a utopia tão características em sua personalidade fazem grandiosas suas empreitadas, seja pelo acúmulo de energia e esforço, ou pela escala. Hoje, sem represar o desejo de se dedicar exclusivamente à arte, Fábio Benetti investiga e produz como um marinheiro que se regozija na calmaria e tormenta do mar aberto.

Curadoria Juliana Freire